Search
Close this search box.

Twitter Files Brazil: Alexandre de Moraes entra na mira do Congresso dos EUA

EUA

Defesa do X enviou ao STF comunicado do Congresso dos EUA solicitando informações sobre o inquérito das milícias digitais, incluindo perfis censurados durante as eleições de 2022

 

Os advogados de Elon Musk enviaram nesta segunda-feira (15) ao gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, a solicitação do Congresso dos Estados Unidos para ter acesso a todos os e-mails contendo ordens judiciais emitidas para derrubar perfis na rede social X.

De acordo com a defesa, os representantes querem analisar todos os documentos “referentes ou relacionados à moderação, exclusão, suspensão, restrição ou redução da circulação de conteúdo”, conforme apontados no chamado inquérito das milícias digitais, o qual Musk começou a ser investigado. 

Segundo o X, o ofício produzido pelo comitê norte-americano também solicitou ao STF que mantenha e respeite a confidencialidade e sigilo dos documentos que envolvem as ordens emitidas contra a administração do antigo Twitter.

Câmara dos EUA quer dados sobre “Milícias Digitais”

Como o Paradoxo BR mostrou, o empresário Elon Musk foi incluído entre os investigados no inquérito das milícias digitais. A ordem aconteceu após o dono das empresas X, SpaceX e Tesla questionar medidas consideradas autoritárias do ministro Alexandre de Morais, além de prometer liberar as restrições a perfis de usuários investigados pelo STF.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF