Search
Close this search box.

Telegram bate forte no governo Lula e clama por “futuro livre” para o Brasil

PL da Censura

Telegram é mais um a protestar abertamente contra o PL da Censura em alerta para usuários do app no Brasil

Depois de ter sido suspenso pela Justiça Federal no Espírito Santo, o Telegram reagiu à onda de censura imposta pelas autoridades brasileiras contra o aplicativo de mensagens e outras redes sociais. Em comunicado divulgado nesta terça-feira para seus usuários no Brasil, a empresa de tecnologia criticou com veemência a iminente aprovação do PL da Censura – o PL 2630/2020.

Postagem do CEO do Telegram aos usuários

“O Brasil está prestes a aprovar uma lei que irá acabar com a liberdade de expressão”, destacou o Telegram. “O PL 2630/2020 dá ao governo poderes de censura sem supervisão judicial prévia. Para os direitos humanos fundamentais, esse projeto de lei é uma das legislações mais perigosas já consideradas no Brasil. Os brasileiros merecem uma internet livre e um futuro livre”, clamou o aplicativo.

O outro lado

O Ministro-Chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta (PT-RS) protestou contra o aviso do aplicativo russo. Segundo ele, a atitude da big tech “foi um desrespeito à legislação brasileira” e que o governo “tomará medidas judicias”.

Reação do governo Lula contra o Telegram

Já o deputado federal Maurício Marcon (Podemos-RS) celebrou a reação do app de mensagens contra o PL da Censura.

“Parabéns ao Telegram pela coragem em enfrentar os comunistas que buscam Censurar o povo brasileiro”, postou Marcon no Twitter.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF