Search
Close this search box.

Será o fim do “Efeito Paulo Guedes”?

Guedes

LC Belém alerta para o inevitável: o fim do duradouro e frutífero trabalho de Paulo Guedes no comando da economia brasileira

 

Ao entrar no décimo mês do governo Lula III, o previsto começa a acontecer de forma mais visível. Em meus comentários desde o ano passado, alertei para uma catástrofe que poderia acontecer caso Paulo Guedes saísse do comando da Economia. Não sou nenhum profeta e muito menos adivinho; um analista tem como base conhecer e enxergar a realidade dos fatos.

 

Um médico quando vai cuidar de um paciente ele se preocupa em prevenir e encontrar formas e fórmulas para ¨resolver¨ o problema, leva em consideração as consequências e qual o melhor protocolo. A vida do paciente tem que ser preservada. O mesmo acontece com o engenheiro numa reforma e outros profissionais em suas respectivas áreas, o resultado tem que ser o melhor.

Pode até ser difícil no início, mas o final tem que ser positivo. Outro ponto que sempre observo é a total inoperância da esquerda, nunca vi nenhum projeto econômico funcionar, seus princípios ferem o princípio da Economia, “Gerir para gerar recursos”. Essa aula seus gurus queimaram…

  Cerca de  2500 anos antes de Cristo Abraão teve que sair de Canaã pois a fome tinha chegado, o mau trato à terra, não obedecendo o ciclo de plantio, fez com que o solo deixasse de ser fértil. A fome chegou e tiveram que ir para o Egito; tempos depois ficaram escravos dos egípcios. Como vemos com o povo hebreu e até os dias de hoje, a falta de planejamento e gestão provocaram muita dor, fato!

 Canaã, hoje Israel, é um modelo de agricultura: recuperaram até o deserto! A dor foi o melhor remédio para entenderem o que é preciso ser feito, sim, o que é PRECISO. 

No Brasil de mais de 4.500 anos após Abraão, sendo um país de maioria cristã, onde deveriam conhecer essa história, continuamos a cometer os mesmos erros, falta de planejamento e ganância quando vemos resultado.

“Desde o ano passado, alertei para uma catástrofe que poderia acontecer caso Paulo Guedes saísse do comando da Economia”

O governo Lula herdou uma economia em crescimento, um país que estava se ajustando, um panorama satisfatório. Ao assumir nesse cenário, o ministro que cursou 2 meses de Economia e não tinha em sua pasta (maleta) nenhum esboço de como ¨tocar¨ o país, começou a inventar e desconstruir o que estava sendo feito.

Lembro sempre que não estávamos num mar de rosas, mas os números mostravam que íamos no caminho certo. Chegamos a Outubro com um estoque de lambanças do governo e um rombo nunca antes visto na história desse país.

Paulo Guedes conseguiu aumentar a arrecadação mesmo reduzindo impostos, apertou as contas do governo e isentou vários remédios e alimentos de tributação. Ele enfrentou oposição e resistência dentro do governo, mas os resultados eram visíveis. Cortes de gastos e um redimensionamento máquina faziam parte do projeto. As coisas estavam andando.

 O atual governo, como todo governo populista de esquerda, não entende isso, pois como mencionado anteriormente, um gestor que não entende da pasta só pode fazer duas coisas: errar sozinho ou errar obedecendo. No nosso caso, foram as duas opções.

Todos os dias, o governo federal fala em aumentar impostos, retirar benefícios e criar formas de arrecadar (mais imposto). É importante deixar bem claro que o aumento de impostos é para fechar as ¨contas¨ do governo, sim, bancar a inoperante e ineficiente máquina, ou seja, pagar pelo que NÃO se tem. Países de primeiro mundo podem até ter uma carga alta, mas têm saúde, educação e segurança de alto padrão assegurados pelo governo; no Brasil não observamos isso.

 Mais de 150 bilhões é o que será necessário arrecadar em 2024 para fechar as contas do  governo, isso é para funcionar as novas regras do arcabouço fiscal. Em um país sério seria um crime, mas em um país que uma pessoa séria é apenas aquela que não sorri…

Ironias à parte, vejo que estamos ainda no início do caos. As benesses de Paulo Guedes estão se esgotando, vamos entrar num período muito difícil, o desrespeito ao ciclo natural traz sérios prejuízos. O povo Hebreu passou mais de 400 anos pagando pela sua irresponsabilidade, espero que não passemos tanto tempo assim.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF