Search
Close this search box.

Senador tenta barrar entrada de políticos na direção da Petrobras

Lula

Petrobras sob ameaça: senador Alessandro Vieira tenta evitar que decisão monocrática do STF facilite indicações políticas na direção da estatal

 

O senador Alessandro Vieira (MDB-SE) acaba de acionar a Comissão de Valores Mobiliários do Congresso contra a proposta da Petrobras de mudar o estatuto para acomodar políticos em cargos no conselho diretivo da empresa. 

As diretrizes para alterar o regimento foram enviadas nesta semana a seus acionistas, e segue decisão monocrática de abril proferida pelo então ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski  sobre a Lei das Estatais. 

 “As alterações no estatuto da Petrobras aprovadas pelo seu conselho reduzem a transparência e colocam em risco o patrimônio dos brasileiros, em especial com a liberação das indicações políticas para cargos estratégicos”, afirmou Alessandro Vieira.

Petrobras despenca R$ 32 bi em valor de mercado

Em resposta aos protestos contra as modificações em seu estatuto, a Petrobras afirmou que elas acontecem para adaptar a companhia à realidade do mercado.

“Em um cenário de constantes mudanças e desafios, a Petrobras busca se adaptar e se fortalecer, visando sempre o melhor para seus acionistas e para a economia do país. A reforma no estatuto social e a criação da reserva de remuneração de capital são medidas que visam garantir a suste

Logo em seguida ao anúncio da mudança nas regras, o mercado reagiu com pessimismo. Na B3, as ações da estatal petrolífera despencaram 6,60% e o valor de mercado foi reduzido em R$ 32 bilhões.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF