Search
Close this search box.

Senador Jorge Seif processa cidadão que chamou Santa Catarina de “estado nazista”

Senado

Senador catarinense já fez queixa-crime ao Ministério Público contra agressor que chama os eleitores de Bolsonaro  de fascistas e nazistas

 

O senador Jorge Seif (PL-SP) afirmou que irá processar um cidadão de Guarulhos, na grande São Paulo, que acusou os habitantes de Santa Catarina de serem “fascistas” e “nazistas”. 

Em  vídeo que chegou ao conhecimento do congressista, o agressor conhecido apenas como Aurélio tenta justificar o fato de Jair Bolsonaro ter vencido com folga no estado do sul em 2022, em razão da maior parte de sua população, supostamente, ser simpatizante de ideologias criminosas.

“Fascistas e nazistas da Europa, se refugiaram em Santa Catarina. Isso ficou enraizado no DNA daquele estado. Aí a gente chega a uma conclusão: onde Bolsonaro ganhou com a maior margem de votos? Em Santa Catarina.  O governador de Santa Catarina é Bolsonarista. Nada é por acaso. Em sua maioria, o eleitorado de Santa Catarina é um eleitorado fascista, nazista e preconceituso”, concluiu.

 

Senador apresentou queixa ao Ministério Público

Já entrei com uma notícia crime, para que seja instaurado um procedimento investigatório criminal contra esse cidadão. Queremos que o… | Instagram

Em resposta ao ataque que, segundo o  parlamentar,  foi compartilhado pelo acusado em suas redes sociais, Seif afirmou que prosseguirá com a  denúncia, a começar por uma queixa-crime enviada ao Ministério Público.

“Já entrei com uma notícia crime, para que seja instaurado um procedimento investigatório criminal contra esse cidadão”, confirmou o senador. “Essa fala é inaceitável e criminosa, prevista no artigo 20 da Lei 7666 que trata de discurso de ódio e xenofobia”, completou

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *