Search
Close this search box.

Recado de Israel para Lula: “Ainda não é tarde para aprender história”

Israel

Ministro das Relações Exteriores, Israel Katz, cobrou de forma agressiva uma retratação do presidente Lula 

O ministro das Relações Exteriores, Israel Katz, voltou a cobrar uma retratação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a recente comparação da guerra contra o Hamas ao Holocausto de judeus na Segunda Guerra Mundial.

Em longa publicação na rede X – e escrevendo em português – o chanceler israelense acusou a fala de Lula como “promíscua” e “delirante”, e reforçou que “nunca é tarde para aprender história”.

“Presidente do Brasil: milhões de judeus em todo o mundo estão à espera do seu pedido de desculpas. Como ousa comparar Israel a Hitler?”, questionou Katz, demonstrando profundo descontentamento.

“É necessário lembrar ao senhor o que Hitler fez? Levou milhões de pessoas para guetos, roubou suas propriedades, as usou como trabalhadores forçados e depois, com brutalidade sem fim, começou a assassiná-las sistematicamente. Primeiro com tiros, depois com gás. Uma indústria de extermínio de judeus, de forma ordeira e cruel”, ressaltou o ministro.

“Sua comparação é promíscua e delirante”, afirma ministro israelense

Israel Katz encerrou a publicação no microblog de Elon Musk cobrando “desculpas” e expondo como seu país conduz o combate aos terroristas do Hamas que estupraram, mataram e sequestraram milhares de inocentes em 7 de outubro de 2023.

“Israel embarcou numa guerra defensiva contra os novos nazistas que assassinaram qualquer judeu que viam pela frente. Não importava para eles se eram idosos, bebês, deficientes”, relembrou. “Eles assassinaram uma garota em uma cadeira de rodas. Eles sequestraram bebês. Se não tivéssemos um exército, eles teriam assassinado mais dezenas de milhares”, destacou.

“Que vergonha. Sua comparação é promíscua, delirante. Vergonha para o Brasil e um cuspe no rosto dos judeus brasileiros. Ainda não é tarde para aprender História e pedir desculpas. Até então – continuará sendo persona non grata em Israel”, prometeu.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF