Search
Close this search box.

Polônia x Ucrânia: Impasse comercial aumenta tensão entre os países

Polônia

Após cancelar ajuda armamentista à Ucrânia, governo polonês aceita discutir o fim do embargo econômico contra Zelensky. Principal entrave pode ser eleições na Polônia, marcadas para outubro

O governo da Polônia deve voltar a negociar o futuro das  importações de produtos agrícolas da Ucrânia, como girassol, milho e trigo. A informação foi divulgada logo após o anúncio de que o país de Volodymyr Zelensky não contaria mais com apoio militar dos poloneses na guerra contra a Rússia. 

O veto à compra de produtos também é mantido por Hungria, Roménia, Eslováquia e Bulgária. O boicote aos cereais foi denunciado pelo governo da Ucrânia à Organização Mundial do Comércio.

O primeiro contato entre as partes aconteceu na quinta-feira (21), com uma ligação do ministro da Agricultura da Ucrânia, Mykola Solsky, para seu homólogo polonês, Robert Zelus. 

Eleições na Polônia podem atrapalhar negociações

O principal impasse para a  solução do entrave internacional deve ser as eleições na Polônia, marcadas para outubro. Analistas políticos e de mercados acreditam que o partido governista PiS deva manter o embargo no setor de comércio exterior para valorizar os agricultores do país. Isso porque o setor do agro polonês representa uma boa parte do eleitorado da legenda.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *