Search
Close this search box.

Polícia Federal investiga invasão no sistema de pagamentos do governo

Federal

Governo Lula já sabia das irregularidades desde sexta-feira. Polícia Federal já começou as investigações

A Polícia Federal abriu nesta terça-feira (23) um inquérito para apurar acessos ilegais ao Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi). Segundo o governo Lula, as irregularidades já haviam sido apontadas pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional) na última sexta-feira (19), mas foram divulgadas apenas no início da noite de segunda.

Segundo o Centro de Prevenção, Tratamento e Resposta a Incidentes Cibernéticos – órgão ligado ao GSI) – os técnicos do governo já haviam alertado a gestão petista na sexta-feira (19) sobre o crescimento das irregularidades relacionadas a um suposto vazamento de credenciais digitais.

“Não foi um hacker que quebrou a segurança, não foi isso. Foi um problema de autenticação. É isso que a Polícia Federal está apurando e está rastreando para chegar aos responsáveis. O sistema está preservado. Foi uma questão de autenticação. É alguém que tinha acesso”, afirmou o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Polícia Federal abriu inquérito para apurar desvio de recursos

Logo após a divulgação da violação ao Siafi, a Polícia Federal (PF) confirmou a abertura de um inquérito para apurar a ação criminosa. Ainda não há notícia sobre o montante desviado dos cofres públicos.

Segundo a Folha de S. Paulo, há suspeitas de que o autor tenha criado um acesso temporário ao sistema por meio da inserção de um novo CPF e alterado a senha de outros servidores para ampliar o acesso aos dados do governo.

De acordo com fontes junto ao governo, quem adulterou os dados para desviar recursos possui conhecimentos avançados sobre como funciona o sistema de pagamentos do governo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *