Search
Close this search box.

Polícia Civil recupera mais armas furtadas do Exército

Armas

Armas furtadas do Arsenal de Guerra de São Paulo tinham como destino PCC e Comando Vermelho. Ainda restam 4 metralhadoras nas mãos dos criminosos

O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Derrite, revelou que as armas furtadas do Arsenal de Guerra de São Paulo, em Barueri, tinham como destino o crime organizado. Derrite destacou ainda que agentes da Polícia Civil conseguiram recuperar mais 9 das 21 metralhadoras que seriam negociadas com membros do PCC – o Primeiro Comando da Capital e do Comando Vermelho.

Segundo o secretário de Segurança Pública, as armas só foram resgatadas após troca de tiros com uma quadrilha. Os bandidos foram surpreendidos em um cativeiro no município de São Roque, situado a 50 quilômetros de São Paulo.

“Elas (as armadas) tinham endereço certo. A informação que se tem é que tanto Comando Vermelho quanto PCC seriam os destinatários finais desse armamento”, explicou Derrite em entrevista coletiva.

Armas foram transportadas ao Rio de Janeiro


De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, 8 metralhadoras roubadas do Arsenal de Guerra paulista foram apreendidas no Rio de Janeiro na semana passada. O armamento foi recuperado pela Polícia Civil  no bairro da Gardênia Azul, na zona oeste. Ainda restam 4 metralhadoras (com capacidade de derrubar até helicópteros) nas mãos dos criminosos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF