Search
Close this search box.

Pais de craque do Liverpool são vítimas do crime organizado na Colômbia

Colômbia

Presidente da Colômbia – um dos mais radicais da esquerda sul-americana – afirma que não medirá esforços para resolver o crime

 

Governada por um dos mais radicais representantes da esquerda, a Colômbia voltou a ser dominada pelo crime organizado. Neste final de semana, os pais do astro da seleção e do Liverpool, Luis Diaz, foram raptados enquanto abasteciam seu carro em um posto na cidade de Gurancas, ao norte do país. Até o momento desta segunda-feira (30), apenas  a mãe do atacante havia sido libertada.

Segundo o presidente colombiano, Gustavo Petro, as buscas pelo pai de Luis Diaz devem prosseguir por tempo indeterminado. A equipe da força-tarefa montada pelo governo conta com investigadores técnicos, promotores e integrantes de policiais e tropas militares.

Governo da Colômbia acusou Israel de genocídio

Embora tenha “criticado” as ações do Hamas, o presidente da Colômbia, Gustavo Preto, chegou a acusar o governo de Israel de “genocida”. Usando a mesma narrativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva – de que milhões de crianças teriam sido mortas na contraofensiva ao terrorismo – Petro não descartou romper relações com o governo israelense.

“Se tivermos que suspender as relações com Israel, nós suspenderemos. Não apoiamos genocídios”, ratificou Petro. Em resposta, o Ministério das Relações Exteriores de Israel, Lior Haiat, disse que a declação de Gustavo Petro foi “antissemita”.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF