Search
Close this search box.

Musk x Moraes: tudo o que aconteceu até agora na batalha pela liberdade de expressão

Musk

Ao longo da noite de segunda-feira (8), Elon Musk demonstrou que não se intimidou com intimações e ainda prometeu internet de graça para os brasileiros

Menos de 24 horas após ser incluído no inquérito das chamadas “milícias digitais” – sem direito a parecer do Ministério Público – Elon Musk prosseguiu com suas revelações sobre as ações do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, contra políticos e apoiadores do então presidente Jair Bolsonaro (PL).

Embora ainda não tenha cumprido a promessa de liberar os perfis censurados por solicitação do TSE (também presidido por Moraes) durante as eleições de 2022, o proprietário do X não mediu palavras sobre a relação do judiciário com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Como Alexandre de Moraes se tornou o ditador do Brasil? Ele colocou Lula na coleira”, ironizou o bilionário em postagem feita na noite de segunda-feira (8). “Alexandre de Moraes deveria ser julgado por seus crimes”, acrescentou.

 

 

O tuíte de Musk não passou despercebido pelo deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), que respondeu com um pedido: “Nos conte mais”, escreveu o parlamentar.

 

 

Elon Musk esclareceu que as informações requisitadas não poderiam ser divulgadas no momento, por questões de segurança.

“Precisamos levar nossos funcionários no Brasil para um local seguro – ou que não estejam em posição de responsabilidade, então faremos uma divulgação completa dos dados”, explicou o dono da rede social.

Musk dribla chantagem e oferece Starlink gratuito para o Brasil

Além de prometer entregar o conteúdo que Musk afirma ser de alto teor autoritário, o empresário e dono de companhias como Tesla, SpaceX e Starlink, não se intimidou com a ameaça feita pelo governo Lula de cortar contratos nas áreas de comunicação.

 

 

Em resposta, o empresário nascido na África do Sul dobrou a aposta, e disse que fornecerá gratuitamente sinal de internet para áreas carentes do Brasil, caso o acordo seja quebrado.

“Starlink fornecerá Internet gratuita para escolas no Brasil se o governo não honrar seu contrato”, prometeu.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF