Search
Close this search box.

Militantes do PT e PC do B atuaram nos ataques do 8 de Janeiro

Militantes do PT e PC do B do 8 de Janeiro

Militantes que atuam por PT, PC do B e Rede estavam entre os presos após os atos de vandalismo na Praça dos Três Poderes em 8 de janeiro, apontam documentos

Informações divulgadas nesta sexta-feira (12) revelaram a presença de manifestantes filiados a partidos de esquerda – e contrários ao governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) – nos atos de vandalismo promovidos no 8 de Janeiro, em Brasília.
Os documentos sobre os ativistas que acabaram detidos após a invasão das sedes dos três poderes foram disponibilizados pela Revista Oeste.

Saiba quem são os militantes de esquerda presos no 8 de janeiro

De acordo com o material apurado, entre os detidos pela polícia estão Elisiane Lucia Harms, filiada ao Partido dos Trabalhadores desde 2009, Marina Camila Guedes Moreira, inscrita no PCdoB desde 2015, Ana Elza Pereira da Silva, integrante do Cidadania (ex-PPS) desde 2001 e Edna Borges Correa, uma ex militante do PT.

Como o Paradoxo BR mostrou, os partidos ainda estão definindo o colegiado que participará da CPMI do 8 de Janeiro. O mais recente a integrar o bloco da oposição foi o senador Marcos Do Val (Podemos-ES). O partido Novo ainda disputa uma vaga no colegiado por meio da justiça. A comissão mista terá como objetivo esclarecer todos os incidentes, inclusive eventuais omissões do governo Lula.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF