Search
Close this search box.

Marta Suplicy “trai” Nunes, volta ao PT e forma chapa com Boulos em SP

Marta Suplicy

A ex-petista Marta Suplicy – que largou o partido após os escândalos de corrupção apurados pela Lava Jato – deve ser a vice de Boulos nas eleições municipais de São Paulo

Em 2015 – auge da Operação Lava Jato – a então senadora Marta Suplicy decidiu trocar o PT pelo MDB. O motivo da desfiliação do partido de Lula foi explicado pela própria ex-prefeita de São Paulo, sem rodeios: “Não tem como conviver com os escândalos de corrupção envolvendo o partido”, lamentou.

Quase uma década mais tarde, Lula está de volta à presidência, graças à devassa sofrida pela Lava Jato. Ao mesmo tempo, Marta Suplicy (Sem partido) se prepara para retornar ao Partido dos Trabalhadores. Desta vez, como candidata à vice de Guilherme Boulos (PSOL) à prefeitura da capital paulista.

Colunista coloca Marta Suplicy ao lado de Boulos nas eleições de SP

De acordo com a GloboNews, Marta Suplicy já teria aceitado o convite de Lula para compor a chapa de Boulos. Atualmente, ela atua como secretária de Relações Internacionais da prefeitura de São Paulo – curiosamente, comandada pelo futuro rival nas urnas, Ricardo Nunes.

Há quatro anos, durante as eleições municipais de 2020, a ex-prefeita de São Paulo entre 2001 e 2004 esteve do outro lado da disputa. Marta – ainda no MDB – apoiou a chapa Bruno Covas (PSDB)-Ricardo Nunes (MDB), que acabou vencendo a corrida contra o mesmo Guilherme Boulos no segundo turno, com 40,6% dos votos.  

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF