Search
Close this search box.

Marco Aurélio Mello critica Lula e desaprova chegada de Lewandowski à Justiça

Marco Aurélio

O ex-ministro do STF, Marco Aurélio Mello, desaprovou a escolha de Ricardo Lewandowski ao Ministério da Justiça e afirmou que o país está “desarrumado”

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, não aprovou a nomeação de Ricardo Lewandowski para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, confirmada nesta quinta-feira (11). Segundo Mello, que chegou à Suprema Corte por indicação de Fernando Collor de Mello em 1990, a escolha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva reflete a situação atual do Brasil que, segundo ele, está “desarrumado”.

“O caminho deve ser inverso — do Ministério da Justiça para o Supremo”, criticou o ex-ministro do STF. “Um ministro aposentado ser auxiliar do presidente da República, demissível a qualquer momento? Isso não passa pela minha cabeça. Mas, paciência, é o Brasil desarrumado”, afirmou Marco Aurélio.

Marco Aurélio se arrependeu de aprovar escolha de Alexandre de Moraes ao STF

O descontentamento de Marco Aurélio Mello sobre a atuação dos ministros da atual composição do STF não chega a ser novidade. Em 2023, o ex-magistrado disse ter se arrependido de endossar a indicação de Alexandre de Moraes por Michel Temer. Os juristas, inclusive, já chegaram a discutir publicamente em diversas oportunidades.

“Na época da queda do avião em que faleceu o ministro Teori Zavascki, fui questionado por jornalistas e disse que o presidente Michel Temer tinha um homem talhado para a cadeira: foi professor universitário, foi do Ministério Público, foi secretário municipal do prefeito Gilberto Kassab. (Mas) Vejo que errei redondamente”, afirmou.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF