Search
Close this search box.

“Mais que primeira-dama”: Janja ganha cargo no governo Lula, com direito a gabinete no Planalto

Janja

Muito mais que uma simples primeira-dama. Este é o recado que o presidente Lula e o PT tentam mandar sobre Janja Lula da Silva desde a cerimônia de posse para o terceiro mandato do petista.

Depois de participar de reunião ministerial, virar madrinha de escola de samba e até mesmo dividir as atenções no encontro com o presidente norte-americano, Joe Biden – inclusive “invadindo” a foto oficial da reunião – Janja agora terá direito a uma sala particular no Palácio do Planalto, com direito a funcionários à disposição.

O cargo – segundo fontes – não será remunerado, e apesar de não prever qualquer rendimento à primeira-dama, a decisão de a nomear para cumprir uma função pública deverá aparecer no Diário Oficial da União.

Quando assumir o seu novo “emprego” no governo Lula, a socióloga Janja da Silva ficará encarregada do novíssimo Gabinete de Assuntos Estratégicos em Políticas Públicas, criado a toque de caixa do gabinete do marido e presidente, pouco antes do Carnaval.

A estrutura, segundo interlocutores próximos a Lula, “foi montada com o objetivo de trabalhar de forma transversal com ministérios, órgãos ligados ao poder Executivo e representantes da sociedade civil”.

Primeira-dama “de luxo” também participou do governo de transição

A participação efetiva da primeira-dama e futura funcionária do Planalto, de fato, começou bem antes de Lula assumir pela terceira vez a presidência da República.
Janja Lula da Silva também esteve na equipe de transição presidencial, ocupando uma sala exclusiva no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. Sua principal função foi coordenar todo o processo da festa de posse de Lula, incluindo o contato com os artistas que subiram ao palco em 1º de janeiro.

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *