Search
Close this search box.

Lula acusa Bolsonaro de “destruir o Brasil” e promete aumentar gastança

Lula concedeu reajuste de 9% a servidores federais e diz que vai contratar mais pessoal

Ao anunciar nesta sexta-feira (28) o reajuste de 9% aos servidores públicos federais – incluindo pensionistas e aposentados – o ‘presidente’ Luiz Inácio Lula da Silva (PT) adiantou que o governo federal irá abrir concurso público para contratar mais funcionários. Segundo Lula, nos últimos seis anos o Brasil “foi desmontado e agora “passa por um processo de reconstrução”.

“Às vezes há uma incompreensão, não sei se por má fé ou não. Mas toda vez que a gente fala em concurso, algumas pessoas falam ‘começou a gastança’ (…) A gente precisa de gente atrás do balcão para ouvir, dizer sim, dizer não. Não se melhora a educação sem funcionários técnicos. Não melhora a saúde sem mais médicos e enfermeiros. Se melhora o serviço público se contratar mais gente”, garantiu.


Lula também aproveitou seu discurso no Palácio do Planalto para criticar indiretamente os ex-presidentes Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (PL). Segundo ele, o Brasil foi vítima de “um furacão” nos últimos seis anos.

“Diante do furacão que o Brasil foi vítima, se tem uma coisa que a população aprendeu com a passagem do desgoverno é valorizar a democracia, a negociação, o diálogo. Esse país passou exatamente quase seis anos em que não se teve uma reunião com sindicato, governador ou prefeito (…) As pessoas precisam compreender que estamos na fase de reconstrução de um país que foi desmontado. Vocês não têm noção do desmonte que achamos”, finalizou.

Lula deu sinal verde para novos concursos em abril

Como o Paradoxo BR mostrou, a administração petista já havia iniciado no início de abril uma leva de concursos públicos, com previsão de aumento de despesas federais.

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, anunciou a primeira leva de contratações no último dia 10. O anúncio foi divulgado no mesmo dia em que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, admitiu que precisará aumentar a receita entre R$ 110 e R$ 150 bilhões.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF