Search
Close this search box.

Jornais de Israel dão amplo destaque ao evento de Bolsonaro na Paulista

Israel

Mídia aponta contraste de declarações de Lula contra Israel com apoio recebido no evento da Paulista

A mídia israelense deu amplo destaque ao manifesto de domingo (25) na Avenida Paulista. Além de apontar o ponto central do evento – a defesa de Jair Bolsonaro às acusações “de tentativa de golpe de estado” – os principais jornais do país ressaltaram a presença de bandeiras israelenses, comparando aos ataques de Lula contra os judeus. 

O “The Time of Israel” reservou um espaço em sua capa na edição desta segunda-feira (26) para destacar o evento convocado por Jair Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo. O ponto central da matéria, entretanto, foi o apoio de grande parte dos manifestantes ao estado de Israel.

Com o título: “Refutando Lula, ex-presidente Bolsonaro tremula a bandeira de Israel em manifesto lotado”, a matéria destacou a presença da multidão no evento, incluindo apoiadores que levaram a bandeira de Israel, em contradição à fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Durante uma visita a Adis Abeba para participar na Cimeira da União Africana na semana passada, Lula, que assumiu o cargo há um ano, disse aos jornalistas que “o que está a acontecer na Faixa de Gaza não é uma guerra, é um genocídio”, comparou o jornal.

Jerusalém Post exalta bandeiras de Israel na Paulista

Já o jornal Jerusalem Post – outro veículo de grande audiência em Israel – também reservou espaço para o ato na Paulista, com imagens de Bolsonaro segurando a bandeira de Israel. No texto, a publicação reiterou um dos pontos centrais do discurso. “O que eu busco é pacificação”, disse o ex-presidente.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF