Search
Close this search box.

Israel e PT trocam farpas sobre guerra contra o Hamas

Israel

Embaixada de Israel disse ser “lamentável” comparar seu país com o massacre praticado pelos terroristas do Hamas em 7 de outubro. PT responde.

 

A Embaixada de Israel no Brasil divulgou uma nota oficial destacando ser “lamentável”  um partido que defende os direitos humanos como o PT comparar a reação militar de seu país  com o massacre promovido pela  invasão do Hamas no último dia 7.

A entidade completou, em tom de repúdio,  que  qualquer pessoa que pense que o assassinato bárbaro, a violação e a decapitação de pessoas é uma “posição política”, ou que se trata apenas de uma “luta política legítima,” possui uma extrema falta de compreensão da atual situação”.

PT responde a Israel

Apesar de até o momento não ter ligado o nome do Hamas aos ataques terroristas de forma oficial, o PT – partido que governa o país – emitiu uma resposta oficial, contradizendo a nota de repúdio da embaixada israelense. O informe, entretanto, não deixou de culpar o país violado pela reação contra o terrorismo.

“É totalmente falsa e maliciosa a interpretação que a Embaixada  faz e divulga em nota oficial sobre a Resolução do PT, divulgada ontem, a propósito da situação de Gaza. O Diretório Nacional condenou, sim, “os ataques inaceitáveis, assassinatos e sequestro de civis, cometidos tanto pelo Hamas quanto pelo Estado israelense”, ratificou.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF