Search
Close this search box.

Igreja católica da Nicarágua sofre mais ataques de Daniel Ortega

Igreja Católica Noriega Nicarágua

Igreja católica sob ataque. O ditador nicaraguense, Daniel Ortega, voltou a disparar contra os cristãos, mais especificamente, contra o catolicismo.
O amigo particular do presidente Lula (PT) afirmou que a Igreja Católica é uma “máfia organizada” e que “os cardeais e papas moram em mansões e vestem roupas que nem Cristo vestia”.

Além de acusar os católicos, Daniel Ortega baixou um decreto inédito no país centro-americano: pela primeira vez, será proibido celebrar a tradicional cerimônia da Via Sacra durante a Quaresma e a Semana Santa.
Segundo o bispo da diocese de León e Chinandega, Sócrates René Sandigo, a polícia comandada por Ortega só permitirá eventos ligados à Páscoa se forem realizados internamente. Qualquer manifesto nas ruas foi vetado pelas autoridades.

“Muitos foram informados que a Via Sacra só pode ser feita internamente. Portanto, é preferível que todos façamos a Via Sacra dentro do templo ou no átrio para que mantenhamos essa comunhão”, disse Sandigo por meio de um arquivo de áudio.

Durante todo o seu governo, o presidente Daniel Ortega já combateu católicos e obrigou o fechamento de cerca de 2 mil ONGs que prestavam serviços fundamentais aos nicaraguenses.

Durante todo o seu governo, o presidente Daniel Ortega já combateu católicos e obrigou o fechamento de cerca de 2 mil ONGs que prestavam serviços fundamentais aos nicaraguenses.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *