Search
Close this search box.

Guerra ao Terror: Resumo dos dias 36 e 37 de combate ao Hamas

Guerra

Guerra ao terror: Boletim do 36º e 37º dias de combate ao terrorismo

Resumo do final de semana – 11 e 12 de Novembro

 

*O final de semana foi considerado de “grande progresso” pelas Forças de Defesa de Israel. Segundo a IDF, mais de 150 terroristas foram abatidos em combate na Faixa de Gaza, com destaque para a Brigada 401, responsável por destruir a base Badr,

 

*Ao menos 6 civis israelenses ficaram feridos, após uma investida do Hezbollah em Dovev, próximo à fronteira com o Líbano. Após o incidente, uma contraofensiva foi iniciada pelas Forças de Defesa de Israel em alvos da facção terrorista na região.

 

*Ahmed Siam – comandante do Hamas que manteve 1000 civis palestinos no Hospital Rantisi, em Gaza – foi morto neste final de semana pelas forças israelenses. A operação reuniu tropas da IDF e integrantes do serviço de segurança de Israel, o Shin Bet.

Guerra ao terror – Israel x ONU

*O grupo de brasileiros autorizado pelo Hamas para deixar a Faixa de Gaza poderá finalmente retornar ao seu país natal nesta semana. A liberação para cruzar a fronteira da região aconteceu após a passagem ser liberada na cidade de Rafah. Ao todo, 32 cidadãos brasileiros estão no grupo. Duas pessoas decidiram permanecer na cidade.

*A propaganda da ONU contra Israel continua pautando a mídia tradicional ao redor do mundo. A organização afirmou que as forças militares cercam neste momento hospitais em gaza, enquanto delegações que prestam “ajuda humanitária” afirmam estar “horrorizadas” com os bombardeios.

*O governo israelense revisou o número de mortos após o ataque do Hamas em 7 de outubro. De acordo com as autoridades, a quantidade de vítimas fatais caiu de 1400 para 1200.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *