Search
Close this search box.

Guerra ao Terror: Resumo do 27º dia de combate ao Hamas

Guerra

Guerra ao Terror – Resumo do 27º dia de combate ao Hamas

 

Resumo da Quinta-Feira – 2º de Novembro

*Ghazi Hamad, um dos líderes políticos do Hamas, afirmou que o grupo não desistiu de organizar novos ataques terroristas contra Israel. Hamad disse ainda que conta com o apoio da esquerda global, destacando o eixo formado pelas potências China e Rússia.

*As Forças de Defesa de Israel confirmaram ter abatido mais de 130 terroristas do Hamas em sua recente ofensiva na Faixa de Gaza. Além de mirar no exército inimigo, os militares destruíram bases e depósitos de armas na região.

*O representante da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, declarou que Israel não tem o direito de defesa, citando uma resolução de 2004 da organização. O diplomata destacou ainda que seu veto segue a decisão da Corte Internacional que vetou ações de ocupação.

Israel x Hamas: as vítimas da guerra

*O Secretário de Segurança dos EUA, Antony Blinken, viajou para Israel, onde tentará evitar que o conflito com o Hamas se espalhe pelo Líbano e Síria, onde outras facções terroristas têm se atacado. Após a missão israelense, Blinken seguirá para a Turquia.

*Desde o ataque sangrento de 7 de outubro, cerca de 1.400 israelenses já morreram no levante terrorista do Hamas. Além das vítimas, 240 famílias aguardam a soltura de reféns, mantidos em cativeiro há quase 30 dias.

*Soldados das Forças de Defesa de Israel revelaram que mais de 100 palestinos estão sendo usados como escudo pelos terroristas do Hamas na Faixa de Gaza. As informações foram divulgadas após dois militares israelenses serem abatidos pelo inimigo na terça-feira.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF