Search
Close this search box.

Governo gastou cerca de R$ 6 milhões para capturar foragidos de Mossoró

Governo

Informações divulgadas pelo governo Lula revelaram que somente a Polícia Rodoviária Federal desembolsou mais de R$ 3 milhões nas buscas dos membros do Comando Vermelho

Dados divulgados pelo Ministério da Justiça revelaram que o governo desembolsou cerca de R$ 6 milhões durante os mais de 50 dias de buscas pelos foragidos do presídio federal de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte. O montante, retirado do pagador de impostos, abrange despesas com despesas com passagens, diárias de hospedagens, combustíveis, manutenção e operações aéreas.

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento  foram detidos quando atravessavam de carro uma ponte sobre o rio Tocantins, perto do município de Marabá (PA) a 1.600 quilômetros do ponto de fuga.

Governo não descarta demissão de Lewandowski

Segundo a pasta comandada por Ricardo Lewandowski, a Polícia Rodoviária Federal – responsável direta pela captura dos membros do Comando Vermelho – gastou R$ 3,3 milhões em operações. Já a Força Nacional, que apresentou poucos resultados, teve R$ 1,4 milhão em despesas, enquanto  Polícia Federal e Força Penal Nacional tiveram gastos de R$ 665 mil e R$ 625 mil, respectivamente.

Informações de bastidores apontam que a permanência de Ricardo Lewandowski é incerta na pasta de Segurança e Justiça. Segundo interlocutores, o ex-ministro do STF tem sido alvo de reclamações, em virtude de a fuga  – inédita em uma penitenciária de segurança máxima – ter abalado a popularidade do governo, segundo levantamentos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF