Search
Close this search box.

Ex-ministro de Lula afirma que Bolsonaro “nunca tentou dar um golpe”

Ministro

Ex-ministro Aldo Rebelo afirma que Bolsonaro é vítima de perseguição da justiça

O ex-ministro de Lula (PT) e secretário de Relações Internacionais de São Paulo, Aldo Rebelo, afirmou em entrevista ao jornal O Globo que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) é “vítima de perseguição do Supremo Tribunal Federal”.

Rebelo disse ainda que  Bolsonaro não teve qualquer ligação com um suposto golpe de estado – principal linha de investigação do STF.

“Faço uma apreciação política. O manual do golpe de Estado não reproduz, em nenhum caso, um golpe que foi preparado por minuta, apresentado em reunião ministerial e gravado. Os golpes de Estado sempre são conspirações com protagonistas diferentes desse golpe, ou tentativa, que está sendo atribuído ao Bolsonaro”, ressaltou Rebelo.

“O que você tinha nesse simulacro fracassado de golpe, por favor? (,,) O que é que terminou? O presidente foi para os Estados Unidos e para lá ficou”, acrescentou.

Ex-ministro diz não ter problemas com Bolsonaro

Embora tenha defendido apenas partidos de esquerda em sua carreira, Aldo Rebelo revelou ter apreço por Bolsonaro. Ele afirmou na entrevista concedida nesta semana ao jornal carioca que “às vezes” mantém contato com o ex-presidente.

“Nunca tive problema com Bolsonaro. Não temos tido encontros pessoais, trocamos mensagens pelo WhatsApp e, às vezes, um telefonema. Eu tenho apreço pelo Bolsonaro. Sempre tive”, finalizou.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF