Search
Close this search box.

Deputados cobram ministro de Lula sobre invasões do MST

Delegacias Rurais

Deputados da FPA receberam o ministro Paulo Teixeira em audiência na Câmara

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados recebeu nesta quarta-feira (26) o ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira (PT-SP).

Durante a audiência pública, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Pedro Lupion (PP-PR), destacou a importância da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito, anunciada por Arthur Lira (PP-ÁL), para investigar as invasões de terras no país.

“Quando a gente fala sobre invasão de propriedade produtiva, nós não estamos falando só de um movimento buscando por reforma agrária ou tentando ter direito à terra, mas sim de um movimento de invasão de propriedade alheia. ”, afirmou Lupion, citando as mais de 40 invasões comandadas, principalmente, pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Lupion ainda questionou comprometimento de ações para a reforma agrária. “A grande maioria do agro brasileiro é a agricultura familiar que tem o nosso apoio, que precisa ser valorizada, ter empenho e trabalho. Não dá para separar. O Brasil hoje tem 52% da balança comercial na exportação de commodities do agro e muito disso saí da agricultura familiar, ”, ressaltou o deputado.

Deputados questionam Paulo Teixeira sobre futuro do agro

Já o ministro Paulo Teixeira informou que o governo federal “sempre fortaleceu o agronegócio”. “Agora, o governo enxerga também que precisamos dar uma força para agricultura familiar”, declarou Teixeira, ao anunciar a retomada do programa de reforma agrária e de regularização fundiária. Segundo ele, a medida será evitar os conflitos no campo e invasões de terras.

Por sua vez, o deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES) pediu segurança para a população do campo.

“O grande drama no campo hoje não é terra, o produtor rural tem que viver é de renda, o nosso desafio é isso. Precisamos de um programa para garantir a segurança no campo”.
Segundo Melo, é urgente aprovar o Projeto de Lei (PL) 938/2023 que tipifica como ato de terrorismo as invasões de propriedades privadas e produtivas.

Embora o governo Lula tenha “acenado”  buscar uma solução para as invasões, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) foi ao Twitter reclamar da instalação da CPI do MST.

“Qual a intenção de Arthur Lira de instalar uma CPI do MST?”, questionou a presidente do PT.

“Já teve uma comissão de investigação e nada foi descoberto, isso só vai criminalizar o movimento social e dar voz à extrema-direita”, acusou a deputada.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF