Search
Close this search box.

Covid-19: oposição tenta derrubar vacinação obrigatória em crianças

Covid-19

Deputados apontam que não há estudos suficientes de que o imunizante contra a covid-19 seja eficaz em crianças

 

Após o governo tornar obrigatória a vacinação contra covid-19 para crianças entre 6 meses e 5 anos, a oposição decidiu reagir contra a mais nova arbitrariedade do governo Lula.

Nesta semana, o deputado Paulo Bilynskyj (PL-SP) apresentou um requerimento para que seja votado em regime de urgência o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 487/2023. A medida  visa derrubar a portaria do Ministério da Saúde, que desconsidera, inclusive, as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde).

Um dos signatários do PDL, o deputado federal Gustavo Gayer (PL-G), afirmou que a ação do Congresso se deve à falta de testes que comprovem a eficácia da vacina nos pequenos.

“Não há robustez de estudos e tempo que comprovem a eficácia real do imunizante em crianças, tal como dos efeitos de sua aplicação a longo prazo”, afirmou.

Segundo o regimento do Legislativo – válido tanto para a Câmara como para o Senado –  regime de urgência dispensa o cumprimento de regras, como a passagem do texto para análise em comissões especiais.

Vacina contra a covid-19 já entrou no calendário de vacinação infantil

Como o Paradoxo BR mostrou, a obrigatoriedade de imunização contra a covid-19 entrou oficialmente no Calendário Nacional de Vacinação em 1º de janeiro deste ano, após publicação das regras em outubro de 2023.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF