Search
Close this search box.

Com a Páscoa, “Ressurreição” chegará finalmente em 2025

Ressurreição

O Paradoxo BR traz para seu leitor um presente antecipado de Páscoa. Sim. A Ressurreição esperada chegará aos cinemas apenas em 2025 – mas nós revelamos agora todos os seus segredos

Em meio às atribulações sofridas pelos cristãos em 2024 – incluindo a perseguição comandada por ditadores em Cuba e Nicarágua – a Páscoa deste ano ao menos nos trouxe um motivo para comemorar. Daqui a cerca de 365 dias, o calvário da espera pela continuação de A Paixão de Cristo chegará ao fim. 

Melhor do que a notícia sobre a sequência do filme de 2004 – que arrecadou exatos US$ 611,486,736 em todo o mundo  – é a indicação de que A Paixão de Cristo – Ressurreição deverá ser dividida em mais dois longas, explorando o tema conhecido como “A Descida de Jesus aos Infernos” – e aprofundar a experiência dos fiéis e amantes do cinema sobre a vida do Rei dos Reis.

O que se sabe sobre a Paixão de Cristo – Ressurreição

O longo processo de desenvolvimento do filme traz consigo segredos comparados aos mistérios de Fátima. Poucos detalhes sobre o roteiro, a não ser qual será o foco: os dias que antecederam o retorno de Jesus Cristo após sua crucificação na Sexta-feira Santa, aos 33 anos de idade.

Mel Gibson, além de dirigir e elaborar o conceito, dividirá o roteiro com Randall Wallace, que retoma o script após parcerias de sucesso com Gibson em Coração Valente (1995) e A Paixão de Cristo (2004).

Outros indícios mais sólidos começaram a se espalhar  a partir do segundo semestre de 2023. Jim Caviezel (Jesus Cristo) – que chega do enorme sucesso de Som da Liberdade – concedeu diversas entrevistas com pontos que vão além da especulação.

“Perguntei a ele (Mel Gibson) se ele estaria pronto para começar a filmar em janeiro (2024), ele disse “sim, talvez”. Eu falei depois “que tal o final do outono”, então ele disse “sim, talvez”. Então quem sabe podem ser mais dois filmes, ou talvez três, mas acho que serão mais dois”, acrescentou Caviezel.

O caminho até a Ressurreição

Em 2022, quando as primeiras pistas sobre a produção da sequência de A Paixão de Cristo surgiram no horizonte de Hollywood, Jim Caviezel – o ator que incorporou o protagonista máximo da Páscoa Cristã  – já preparava o público para algo maior que o próprio cinema.

“Mel Gibson me entregou a mais recente versão do roteiro. Com certeza, Ressurreição facilmente superará o primeiro longa”, apostou Caviezel.

O otimismo de Caviezel foi ratificado por seu diretor. Mel Gibson adiantou ainda que o roteiro não traria nada repetitivo e mais: iria surpreender até os mais devotos da história do filho de Deus.

“É mais do que um único evento, é um evento incrível”, afirmou Mel Gibson. “Não se trata de uma narrativa cronológica da história, porque isso pode ser entediante. Quem for ao cinema irá pensar: “bem, eu já li tudo isso antes”. O ponto crucial é: quais são as outras coisas que aconteceram ao redor de Cristo?  O que aconteceu nesses três dias? Isso realmente intriga nossa imaginação, não é verdade”, provocou Gibson.

Por sua vez, o roteirista principal, Randall Wallace, diz estar confiante sobre as proporções épicas de Ressurreição:

“A comunidade evangélica considera A Paixão como o maior filme já feito em Hollywood. E eles insistem que a sequência será ainda maior. Sempre quis contar essa história. A Paixão é só o começo. Existe muito mais a ser contado”, adiantou Wallace.

O que pode estar no roteiro de A Paixão de Cristo – Ressurreição

O arcabouço bíblico usado pelo roteirista Randall Wallace deverá ser o que descreve a chamada “descida de Jesus aos infernos”.  O período é reportado pelos apóstolos em diversos capítulos do Novo Testamento.

Em Pedro 3:19, por exemplo, o apóstolo afirma: “Porque também Cristo morreu uma só vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; sendo, na verdade, morto na carne, mas vivificado no espírito; no qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão; os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava, nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas, isto é, oito almas se salvaram através da água.”

Já Lucas revelou no versículo 23 de seu evangelho que Jesus teria passado o período anterior à ressurreição no céu, descrevendo o diálogo do Redentor antes de padecer na cruz: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino”. Jesus lhe respondeu: “Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso”.

A Paixão de Cristo – Ressurreição: Capítulo 1

Dados já conhecidos sobre a ficha técnica do filme

Icon Productions – Samuel Goldwyn Films

Data prevista: 18 de abril de 2025

Direção e roteiro: Mel Gibson

Roteiro: Randall Wallace

Jesus Cristo: Jim Caviezel

Maria (Nossa Senhora): Maia Morgenstern

Pedro: Francesco De Vito

João: Christo Jikov

Locações

  • Cinecittà, Rome, Metropolitan City of Rome, Itália
  • México
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF