Search
Close this search box.

Caso Jordy: Defesa de CVC afirma que acusado alterou as próprias imagens

Jordy

Envolvido na operação Lesa Pátria e acusado de ser cúmplice do deputado Carlos Jordy, Carclos Victor de Carvalho, o CVC, admitiu por meio de sua defesa ter alterado suas fotos  tiradas em 2019

A defesa de Carlos Victor de Carvalho, detido no Rio de Janeiro, sob a acusação de incitar atos democráticos em Brasília, afirmou que as fotos usadas pela Polícia Federal sugerindo sua participação nos anos de 8 de Janeiro foram alteradas pelo próprio autor. 

Mais cedo, a reportagem do Paradoxo BR entrevistou o advogado Cláudio Luis Caivano, que sugeriu a contratação de uma perícia para apurar se as imagens tinham sido propositalmente adulteradas. Antes do pronunciamento, o Paradoxo BR foi induzido a argumentar sobre a  informação, que também foi replicada pelo jornal Metrópoles.  Confira a matéria neste link. 

Caso Jordy: CVC não estava em Brasília no 8 de Janeiro

Na reportagem original publicada nesta terça-feira (23), o Paradoxo BR também explicou que a foto original havia sido produzida em 1º de janeiro de 2019, durante a festa de posse de Jair Bolsonaro, em Brasília. Esta informação é correta. 

Outro detalhe mantido é a situação de CVC no 8 de Janeiro. Conforme dados obtidos no GPS do celular do acusado, Carlos Victor de Carvalho estava em Campos de Goytacazes, Rio de Janeiro, no dia dos ataques aos Três Poderes. As informações foram apresentadas pela defesa às autoridades.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF