Search
Close this search box.

Bolsonaro pede imparcialidade ao TSE e cita absolvição de Dilma: “Reuni embaixadores porque era prerrogativa do presidente”. Assista ao vídeo

Bolsonaro

Bolsonaro concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (21) para justificar o motivo de ter reunido embaixadores, em um evento que ocorreu antes da campanha eleitoral. O ex-presidente pediu imparcialidade ao TSE, que pode deixa-lo fora da política por 8 anos

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (21) para expor sua expectativa a respeito de seu julgamento que começa amanhã no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Aos jornalistas, Bolsonaro citou a jurisprudência de absolvição em caso semelhante, quando a chapa Dilma Rousseff-Michel Temer foi absolvida em 2017, após processo movido pelo PSDB pela mesma acusação de abuso político, dois anos antes.

“Em 2017, a chapa Dilma-Temer foi julgada no TSE”, relembrou Bolsonaro. “Houve intenso debate, a respeito da possibilidade de novas provas serem agregadas ao processo movido pelo PSDB em 2015. E foi dito que isso não poderia ter acontecido. Então, Por 4 a 3 o TSE manteve a chapa Dilma-Temer”, explicou.

Bolsonaro explica motivo de ter reunido embaixadores em 2022

Após recordar os detalhes do processo que inocentou Dilma, Bolsonaro explicou o motivo de ter reunido embaixadores para falar sobre os problemas das eleições brasileiras – evento que se transformou em objeto da ação movida pelo PDT em 2022.

“Eu reuni os embaixadores, porque, dois meses antes, o próprio Edson Fachin (STF) reuniu os mesmos embaixadores para dizer que eles teriam de reconhecer o resultado das eleições imediatamente após o resultado. Então, usei apenas minha prerrogativa como presidente”, esclareceu.

O Tribunal Superior Eleitoral tem tratado o caso Bolsonaro como “especial”. Alexandre de Moares – que preside o TSE – convocou, inclusive, correspondentes internacionais para cobrir o julgamento. Duas datas, além desta quinta-feira, já foram reservadas em caso de necessidade.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

2 Responses

  1. É que o nosso presidente Bolsonaro, tem o direito, a razão pois é inocente no processo, foi o melhor presidente que o Brasil já teve, continua o nosso eterno presidente. Nilton aragao- presidente nacional do PSN Partido Social Nacional.

  2. É que o nosso presidente Bolsonaro, tem o direito, a razão pois é inocente no processo, foi o melhor presidente que o Brasil já teve, continua o nosso eterno presidente. NNi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *