Search
Close this search box.

Após vazar na Internet, governo Lula se desculpa por “dança erótica” (assista)

Governo Lula

O vazamento de imagens com a performance de uma dança erótica em evento do Ministério da Saúde levou o governo Lula a se desculpar pela “gafe”. Confira uma série de ações desastrosas acumuladas no terceiro mandato do petista

Depois do “trem da alegria” de ministros em aviões da FAB – incluindo o que levou a ministra Anielle Franco à final da Copa do Brasil – o Brasil viveu nesta sexta-feira (6) mais um momento nada republicano.

Durante evento patrocinado pelo Ministério da Saúde, o público que compareceu ao 1ª Encontro de Mobilização para Promoção da Saúde, em Brasília, foi obrigado a testemunhar uma dança erótica ao som de um tipo funk, feita por uma performista com trajes mínimos. O show foi pago com dinheiro do pagador  de impostos.

 

Somente após repercutir mal nas redes sociais, a pasta do governo Lula se desculpou.

“O Ministério da Saúde lamenta pelo episódio isolado e adotará medidas para que não aconteça novamente. O objetivo (do evento) “é apoiar a implementação e a gestão participativa da Política Nacional de Promoção da Saúde a partir do compartilhamento de experiências e da ampliação do diálogo entre gestores e trabalhadores de diferentes estados, com momentos dedicados à diversidade cultural”

Governo Lula: coleção de gafes

Desde 1º de janeiro, o governo Lula coleciona uma série de gafes e ações com propósitos duvidosos, como o relatado sobre o Ministério da Saúde.

Samba dos afogados

Em fevereiro, Janja apareceu pulando carnaval, enquanto o litoral norte de São Paulo afundava com as enchentes

O haras do ministro

Uma das práticas duvidosas do ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União-MA), foi a de usar diárias de trabalho para participar de leilões de cavalos, além de “esticar” a viagem à China, com desembarque na cidade de Las Vegas. O ministro continua no cargo.

Imagens apagadas

Após diversas desculpas, o ministro Flávio Dino afirmou que as imagens do Palácio da Justiça teriam sido apagadas pela empresa para “liberar memória das câmeras”. O material seria essencial para esclarecer as invasões do 8 de Janeiro

Namastê

Em mais uma gafe da primeira-dama, Janja pousou em Nova Déli, ameaçando “se soltar” e cair na dança. Naquele momento, o Rio Grande do Sul sofria com enchentes e não contou com a presença presidencial

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF