Search
Close this search box.

Após Senado, TCU também quer investigar suposta interferência na Petrobras

Lula

Subprocurador do TCU aciona MP para apurar se houve interferência do governo Lula na Petrobras

O Tribunal de Contas da União acionou o Ministério Público para investigar uma suposta intervenção do governo Lula no corte de dividendos da Petrobras em 2023.  Os dividendos representam o lucro da companhia que são distribuídos por seus acionistas.

O autor do pedido foi o subprocurador do TCU Lucas Rocha Furtado. Ele destaca em sua petição “que decisões como a retenção desses dividendos podem ter sido afetadas por interesses do governo federal, em sentido contrário à avaliação da área técnica da empresa”.

Furtado também aponta em seu parecer que eventuais ingerências prejudicam tanto os acionistas da empresa quanto o próprio país, que vê companhias de participação nacional relevante “sendo geridas de forma arbitrária e sem observar os devidos preceitos técnico-econômicos”.

Leia a seguir mais detalhes sobre o pedido de investigação:

 

“Nota-se a relevância da ingerência governamental na Petrobras em decisões que deveriam observar critérios técnicos. A decisão por não repassar dividendos aos acionistas, contrária às avaliações realizadas pela própria empresa e seu Conselho de Administração, aparentemente não observou as bases econômicas necessárias e visou atender opções do governo federal”

 

Senado também investiga a Petrobras

Como o Paradoxo BR mostrou, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, foi convidado a depor na Comissão de Assuntos Econômicos da casa para explicar as recentes decisões da estatal. O autor do convite foi o senador Sergio Moro (União-PR).

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF