Search
Close this search box.

Após críticas à Lula, STF parte para cima da Transparência Internacional

Transparência

Ministro do STF Dias Toffoli ordenou que TCU e CGU investiguem ONG Transparência Internacional

Após mirar nos integrantes do Ministério Público – em uma ofensiva que culminou com a cassação do então deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos) em 2023, o Supremo Tribunal Federal colocou na mira a ONG Transparência Internacional.

Em seu despacho, Toffoli justifica a ordem, colocando em dúvida se a entidade recebeu doações “ilícitas” de integrantes da Lava Jato. Os órgãos que deverão apurar as supostas irregularidades serão o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União (CGU).

Confira trecho da decisão proferida pelo ministro:

 Tal providência faz-se necessária especialmente para investigar eventual apropriação indevida de recursos públicos por parte da Transparência Internacional e seus respectivos responsáveis, sejam pessoas públicas ou privadas”.

Transparência Internacional criticou Lula em janeiro

Em janeiro, a ONG  que investiga ações governamentais questionou o governo Lula sobre medidas que colocavam em xeque o combate à corrupção. Entre elas, a nomeação de Cristiano Zanin – ex-advogado particular do presidente – como ministro do Supremo Tribunal Federal em agosto de 2023.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aproveite 20% OFF