Search
Close this search box.

Agrishow ‘dribla’ boicote de Lula e quebra novo recorde em negócios

Lula

Agrishow 2023 ultrapassa os R$ 13 bi em negócios, apesar do anúncio do cancelamento do patrocínio do Banco do Brasil prometido pelo governo Lula

 

Apesar do boicote do governo Lula, a 28ª edição da Agrishow, realizada entre 1º e 5 de maio em Ribeirão Preto (SP), registrou um novo recorde para o maior evento do segmento da América Latina. Segundo os organizadores, o volume de negócios chegou a R$ 13,3 bilhões, o que representa alta de 9,5% sobre a edição anterior.

Em 2022 – primeiro ano com a presença de público desde 2019, último ano antes a pandemia – a Agrishow havia acumulado R$ 11,2 bilhões de lucros em transações comerciais envolvendo máquinas, equipamentos de irrigação e armazenagem (os valores não incluem o comércio de sementes).

Como o Paradoxo BR mostrou, o governo federal anunciou o cancelamento do patrocínio estatal do Banco do Brasil, após os organizadores sugerirem ao ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, comparecer no segundo dia do evento. O motivo da represália foi a confirmação da participação do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) a convite do governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos).

Após o anúncio, o Banco do Brasil emitiu um comunicado afirmando que participaria da Agrishow “de forma comercial”, não deixando claro se houve a retirada do patrocínio.

“O Banco do Brasil informa que estará presente na Agrishow por meio de sua atuação comercial para realização de negócios e atendimento aos seus clientes”, diz o comunicado. A nota do BB ressalta, ainda, que a instituição financeira tomará “as medidas cabíveis” se, durante a feira, houver qualquer “desvio das finalidades negociais previstas“, afirmou o BB em comunicado oficial.

Saiba mais sobre quem organiza a Agrishow

A Agrishow é uma iniciativa conjunta liderada pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) em parceria com as organizações: Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) e Sociedade Rural Brasileira (SRB).

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Pocket
WhatsApp

Nunca perca nenhuma notícia importante. Assine nosso boletim informativo.

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *